Publicado por: ferdesigner | 16/08/2016

Temer deve lançar programa bilionário para revitalizar Rio São Francisco

POR PAINEL

Novo chico O governo do presidente interino, Michel Temer, vai lançar em breve um programa de obras para a revitalização do Rio São Francisco. Serão anunciadas medidas para os próximos 10 anos que incluirão despoluição das águas, conservação do solo, reflorestamento das margens e saneamento da bacia do rio. A equipe de Temer batizou o programa de “Novo Chico” e, mesmo com o ajuste fiscal em curso, estima gastar, de saída, R$ 6,7 bilhões até 2026.

Custa caro O gasto será incluído no Orçamento de 2017. Só a recuperação de áreas degradadas deve consumir R$ 3 bilhões até 2026.

Veneno Como o Planalto não tentou dissuadir Marcelo Castro (PMDB) de concorrer à Câmara, congressistas versados em maldade disseminavam a ideia de que houve dedo de emissários do governo na candidatura do peemedebista.

Criatividade Conforme a tese, Castro teria sido plantado com o aval de Eduardo Cunha para esvaziar Rodrigo Maia (DEM) — tirando deste votos petistas. Em um segundo turno, Maia é visto como o adversário mais perigoso para Rogério Rosso (PSD), nome de Cunha e do Planalto.

Divã Com tanta confusão, um tucano reparou: “Como o candidato do partido do presidente da República tem apoio do Lula, do PT, e foi contra o impeachment?”.

Não tenho dinheiro Reginaldo Lopes (PT) quer que a Mídia Ninja, conhecida pelas transmissões dos protestos de 2013, faça sua campanha à Prefeitura de BH. Diz que as conversas caminham.

Calma, cocada Pablo Capilé, um dos líderes do grupo, diz: “Ouvi isso, mas nenhuma proposta chegou até mim”. Em seu site, a Mídia Ninja informa que não possui “alinhamento ideológico com nenhum partido”.

APODE1307PAINEL (1)
Lado B do Chaves De um líder do centrão: “Waldir Maranhão é o Chapolin Colorado, tem sempre uma astúcia”.

Se cuida O setor privado alimenta alta expectativa em relação ao governo após o impeachment. Mas empresários avisam: depois de agosto, a tolerância será perto de zero.

Ligeirinho O Planalto não pode reclamar. Ministros do presidente interino venderam a ideia de que, por ser forjado no Congresso, Temer faria tudo andar rápido por lá.

Anéis e os dedos Não há garantias de que o limite de gastos se torne lei em 2016. E a reforma da Previdência já ficou para o ano que vem.

Dá uma força? Em conversas reservadas, Henrique Meirelles (Fazenda) tem dito que a aprovação do teto para as despesas públicas este ano é fulcral para o BC iniciar a redução dos juros.

Morreu de velho Cristovam Buarque (PPS-DF) propõe uma comissão de parlamentares para examinar a segurança da usina nuclear de Angra 3. “Será que houve relaxamento na segurança por causa das propinas?”.

Girl power A senadora Marta Suplicy (PMDB) anunciará em breve sua chapa à Prefeitura de SP. Marlene Machado, do PTB, deve ser sua vice. Os dois partidos reunirão suas bancadas nesta semana para bater o martelo.

Tudo em casa Marlene é mulher de Campos Machado, presidente do PTB paulista. A negociação foi costurada por José Yunes, presidente do PMDB de São Paulo.

Punhalada A parceria frustra os planos do PRB de Celso Russomanno, que contava com o apoio do PTB.

Probleminha Líder nas pesquisas à Prefeitura de São Bernardo do Campo, Alex Manente (PPS) tem caso pendente no STF. Responde por suposto crime eleitoral na eleição de 2012. Sua defesa nega envolvimento e diz que o inquérito não irá evoluir.


TIROTEIO

Isso é apenas um desejo do PT. Já que a Casa está fragmentada, quero me lançar candidato para unir a esquerda.

DO DEPUTADO ORLANDO SILVA (PC do B-SP), sobre a movimentação do PT para formar bloco de apoio a Marcelo Castro (PMDB) junto com PC do B e PDT.


CONTRAPONTO

Ser ou não ser (golpista) — eis a questão

Minutos após Marcelo Castro oficializar sua candidatura pelo PMDB à presidência da Câmara, o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) caminhava apressadamente pelos corredores da Casa.
Marcus Pestana (PSDB-MG) cruzou com o candidato e comentou sobre o apoio do PT ao PMDB.

— Eles estão ressuscitando a aliança com o PT? — provocou o tucano.

Antes mesmo que Rosso respondesse, Pestana arrematou a ironia:

— Então só falta dizerem: ‘vamos voltar ao impeachment e apoiar a tese de golpe’!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: