Publicado por: ferdesigner | 17/12/2014

Recife terá primeiro sistema de compartilhamento de carros elétricos do Brasil

carro-sustentavel-ecod.jpg

A empresa escolhida foi a chinesa Zhidou, com os modelos Zd e Zdi
Foto: Divulgação

Boa parte das emissões de gases do efeito estufa são provenientes dos escapamentos dos veículos motorizados. Uma alternativa para minimizar o problema é o aluguel de carros elétricos, realidade comum na Europa e na China. Aqui no Brasil, a primeira iniciativa desse tipo será implantada em Recife, entre os meses de dezembro e janeiro.

Semelhante ao que ocorre com o sistema de compartilhamento de bicicletas, o usuário poderá ir até uma estação, retirar o veículo e devolvê-lo dentro de um prazo determinado.

Serão cinco estações na primeira fase do projeto: Rua do Lima, em Santo Amaro; uma no Derby, no Centro do Recife; em frente ao Cesar e no prédio do antigo Bandepe, no Bairro do Recife; e uma no RioMar Shopping. Para a segunda fase está prevista uma estação no Aeroporto Internacional do Recife.

A empresa escolhida foi a chinesa Zhidou, com os modelos Zd e Zdi. Esses veículos ainda precisam de regulamentação para rodarem em estradas urbanas. Por isso, o projeto vai trabalhar de forma provisória com o Cinquecento, da Fiat, que usa combustível fóssil tradicional (etanol e gasolina).

A ideia é que o projeto também incentive a carona através de um sistema que facilite o compartilhamento de rotas.

Serão três carros elétricos e três a combustão na primeira fase, mas os primeiros rodarão nas ruas apenas em um segundo momento.

Detalhes

O projeto foi criado pelo Porto Digital e a tecnologia utilizada será fornecida pela empresa pernambucana Serttel, a mesma que mantém o Bike PE/Porto Leve. Segundo a assessoria da Serttel, os detalhes do sistema de compartilhamento ainda estão sendo desenvolvidos, mas “deverá ser semelhante às bicicletas, com alguns ajustes necessários”.

O Porto garantiu que o usuário poderá passar uma hora a partir do momento em que destrava o carro até sua entrega em outra estação.

O usuário utilizará um aplicativo para desbloquear e devolver o veículo. A ideia é que o projeto também incentive a carona através de um sistema que facilite o compartilhamento de rotas. “O mesmo carro pode deixar a pessoa em sua residência e seguir para a casa de um outro usuário”, explicou Rossini Barreira, diretor de Comunicação do Porto Digital.

Porto Leve

O sistema faz parte do Porto Leve, que é um projeto guarda-chuva de soluções para a mobilidade. O investimento, que inclui compartilhamento de bicicletas, de carros e vagas de estacionamento no Bairro do Recife é de R$ 5 milhões.

A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc) fez novas exigências para assinar o convênio do Porto Digital com a Prefeitura do Recife e, assim, dar início ao novo serviço. O Porto afirmou que esses documentos estarão prontos até final da próxima semana.

(Por Paulo Floro, do Mundo BIT)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: