Publicado por: ferdesigner | 10/04/2014

Saiba quais são os 10 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável trabalhados pela ONU

 mulher-onu-ecod.jpg

Mulher agricultora no Vietnã. A promoção da agricultura sustentável é uma das metas
Foto: Kibae Park/UN

 “Os riscos são muito altos agora, não podemos continuar na inércia da colisão entre as esferas econômicas, ambientais e sociais”. Essa foi uma das primeiras colocações feitas por Jeffrey Sachs, diretor do Instituto Terra e assessor especial do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante sua apresentação na quarta-feira, 19 de março, no oitavo Congresso Gife, realizado em São Paulo.

Na conversa Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS): o desafio de criar uma rede de soluções, ele afirmou que, ao mesmo tempo que a humanidade nunca esteve tão interconectada, também nunca esteve tão perto do ponto de não-retorno. Segundo Sachs, a solução deve ser pensada em escala global e o grande desafio é encontrar um caminho em conjunto.

Dentro da esfera da ONU, que tem 193 países membros, o conselheiro desenvolve com grupos de trabalho a Agenda de Ação para o Desenvolvimento Sustentável, ou Sustainable Development Solutions Network (SDSN), que irá estabelecer metas de desenvolvimento sustentável aos moldes dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs). “O objetivo é criar uma rede que inspire os países a assumir metas de sustentabilidade e ajude a solucionar os problemas”, explica.

Sachs acredita que definir metas claras ajuda no cumprimento dos objetivos, que abordarão dez temas:

  • Acabar com a pobreza;
  • Promover o crescimento sustentável e empregos;
  • Educação para todos;
  • Proteção dos direitos humanos;
  • Saúde para todos;
  • Agricultura sustentável;
  • Cidades sustentáveis;
  • Energia sustentável e mudanças climáticas;
  • Biodiversidade sustentável;
  • Boa governança.

sachs-ecod.jpg
Sachs é considerado um dos maiores especialistas do mundo em sustentabilidade
Foto: Áureo Siqueira Neto e Carlos Petelinkar

O processo agora está em definir indicadores para cada um dos temas. Esses indicadores estão abertos para consulta pública até o dia 28 de março próximo. Para participar, acesse o site http://www.unsdsn.org. As novas metas começariam a vigorar no ano que vem e 2030 seria o ano limite para que os países possam cumpri-las.

Dois novos capítulos foram produzidos para a SDSN, um para o Brasil e outro específico para a Amazônia, o que mostra a importância que o país tem para o tema. O professor Virgílio Viana, Superintendente Geral da Fundação Amazonas Sustentável e coordenador da iniciativa SDSN Amazônia, ressalta que a oportunidade de ruptura é cada vez menor e que “não é uma mudança simples, é uma metamorfose”.

Virgílio explica que é possível produzir riqueza na Amazônia de forma sustentável, desde que a educação se torne relevante e auxilie no desenvolvimento de ferramentas para uso inteligente da floresta.

Dentro dos pontos discutidos na iniciativa para a Amazônia estão a busca por soluções já existentes, como a cooperação sul-sul dentro da Amazônia, e a premiação para soluções, que tem como maiores desafios como ampliar o financiamento para outros temas e a definição de critérios e indicadores. “Se temos metas, temos que ter indicadores”, finaliza Virgílio.

A criação dos ODS, inspirada nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), foi uma reivindicação de uma série de países (entre eles, o Brasil) e especialistas em sustentabilidade às vésperas da Rio+20, realizada em junho de 2012, no Rio de Janeiro.

(Com informações de Carolina Kannebley, repórter da Envolverde, especial para o Gife)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: