Publicado por: ferdesigner | 05/06/2013

Para cada 1ºC do aquecimento global, sete vezes mais furacões

furacao-ecod.jpg

Furacão Sandy deixou estragos recentes nos EUA e Caribe
Foto: New York District, U.S. Army Corps of Engineers

Tempestades intensas e furacões tendem a se tornar cada vez mais frequentes devido às mudanças climáticas nos Estados Unidos, país que ainda contabiliza os estragos do tornado que assolou Oklahoma nos últimos dias. A conclusão consta em estudo publicado no jornal científico Proceedings of the National Academy of Sciences.

Para cada um grau Celsius do aquecimento global, a costa atlântica dos Estados Unidos poderia ver a formação de até sete vezes mais furacões do porte de Katrina – o mais caro e destrutivo da história americana, segundo a pesquisa. Meteorologistas da Universidade do Estado do Colorado já preveem que a temporada de furacões de 2013 no Atlântico, que começa em junho, será “acima da média”, com 18 tempestades tropicais.

Outro estudo, publicado na terceira semana de maio pela Universidade de Columbia, aponta que o aumento das temperaturas e ondas de calor deverão elevar o número de mortes relacionadas às condições climáticas em Nova York. Em 2020, haverá um aumento médio de cerca de 20% no número de mortes devido ao calor, enquanto será registrada uma redução média de cerca de 12% no número de mortes devido ao frio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: