Publicado por: ferdesigner | 18/02/2013

Incra decide varrer cadastro rural em busca de erros

Medida foi anunciada após ‘Estado’ revelar que o Brasil dos cartórios é 600 mil km² maior do que a dimensão real do território

Rodão Arruda, de O Estado de S.Paulo

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) deve realizar, ainda no primeiro trimestre, uma varredura de todas as informações disponíveis de registros de terras no País para corrigir eventuais erros e coibir fraudes. A medida foi anunciada após reportagem do Estado de domingo revelar que a área de terras registradas em cartórios brasileiros é 600 mil km² maior do que a superfície real do País. A diferença equivale a duas vezes o território do Estado de São Paulo.

Veja também:
link ‘Cadastro do Incra é incoerente e irreal’, afirma especialista 
link No papel, Brasil é dois Estados de São Paulo maior do que o oficial
link No interior de SP, procura-se terra até ‘dentro do rio’

A autarquia informou ainda, por meio de nota, que está investindo na melhoria do cadastro de imóveis rurais no País e que seus técnicos estão trabalhando em várias frentes, com o apoio do Exército e também do Ministério do Meio Ambiente.

Reportagem do Estado mostrou que as terras registradas em cartórios equivalem a 9,1 milhão de km², enquanto a superfície real do País, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 8,5 milhões de km². Os dados foram levantados pelo Sindicato Nacional de Peritos Federais Agrários.

Uma das providências anunciadas pelo Incra, já em andamento, é a associação de informações do cadastro com a base de mapas do IBGE, para evitar o problema da sobreposição de áreas nos registros em cartório. O cadastro também está sendo cotejado com dados de georreferenciamento.

O Incra não negou a existência de problemas. Mas assegurou que os erros estão sendo corrigidos e que a varredura permitirá identificar os focos críticos de sobrecadastramento e suas razões.

Certificados. A autarquia também informou que foram tomadas providências para diminuir a lentidão na análise dos certificados de propriedade rural – uma das principais causas da existência de grande número de áreas com sobrecadastro.

Até meados do ano passado eram emitidas, em média, 20 certificações de imóveis por dia. Atualmente o número chega a 140.

Com a mudança, o Incra registrou em 2012 o maior número de certificações de imóveis dos últimos oito anos, segundo seus dirigentes. Foram 9.636 imóveis, com uma área total de 23,6 milhões de hectares.

“Em todos esses casos existe a segurança de que os limites não se sobrepõem a outros imóveis e que o georreferenciamento foi realizado conforme as especificações técnicas legais”, informou a instituição.

Exército. Os avanços estão relacionados em grande parte à parceria que o Incra mantém com o Exército para serviços de georreferenciamento.

No caso do Ministério do Meio Ambiente foi firmado no ano passado um convênio, no valor de R$ 5 milhões, para aquisição de imagens de alta resolução, usadas como base apoio para o cadastro.

O Incra também informou que ainda em fevereiro a recepção de informações do Sistema de Gestão Fundiária (Sigef) será automatizada. Isso significa que os técnicos não vão mais protocolar os dados físicos em uma unidade do Incra: eles serão enviados diretamente à base central de dados pela internet.

“O Sigef é uma ferramenta eletrônica criada para enviar, recepcionar, validar, organizar e disponibilizar dados georreferenciados de imóveis rurais”, explicou o Incra em sua nota.

“O novo sistema é capaz de analisar sobreposição com o cadastro georreferenciado do Incra e gerar planta e memorial descritivo de forma automática”, dia ainda a nota divulgada pelo instituto ontem.

Acervo fundiário. As pessoas interessadas em consultar os dados do acervo fundiário brasileiro – que contém plantas e informações sobre imóveis rurais em todo o País – podem fazê-lo por meio da internet.

As informações estão no endereço acervofundiario.incra.gov.br/i3geo.

No conjunto, abrangem 93% da área dos estabelecimentos agropecuários identificada no Censo Agropecuário de 2006, de 320 milhões de hectares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: