Publicado por: ferdesigner | 25/01/2013

Festival de Verão 2013 busca recolher 20% a mais de material reciclável

 ivete-lazzo-t.jpg

Lazzo Matumbi e Ivete Sangalo abriram o Festival de Verão 2013 com o hino do Senhor do Bonfim, cantado a capela. Evento aposta na reciclagem de resíduos sólidos nesta edição
Foto: Edgar de SouzaPor Clara Corrêa e Murilo GitelQuem imagina que o Festival de Verão de Salvador, que em 2013 completa sua 15ª edição, vive apenas de festa, pode ter uma surpresa ao percorrer o Parque de Exposições, local do megaevento iniciado na noite de quarta-feira, 16 de janeiro, e que segue até sábado (19) com mais de 60 atrações musicais de diversos ritmos, tais como axé music, reggae, samba, rock, pagode e hip-hop – um verdadeiro caldeirão musical.Por volta das 21h de quarta-feira, quando o músico Nando Reis arranhava os primeiros acordes para embalar a multidão, cerca de 60 catadores de material reciclável da Cooperbrava (Cooperativa de Recicladores da Unidade de Canabrava) já realizavam o processo de limpeza, recolhimento e direcionamento dos resíduos sólidos gerados pelo público do Festival de Verão, que deve receber uma média de 50 mil pessoas por cada dia de festa.
coletores.jpg
Coletores com a identificação dos materiais recicláveis foram disponibilizados pela cooperativa no Parque de Exposições
Foto: Clara Corrêa/Redação EcoD

Principais materiais coletados no Festival de Verão: papelão, plástico-filme, lata de alumínio, PET, aço e copo plástico.

“O nosso foco com este trabalho é evitar a ação dos atravessadores e tornar os catadores da cooperativa os principais beneficiários”, explicou Moisés Leão Gil, assessor técnico da Cooperbrava. Através de uma central de triagem apoiada pela Braskem e instalada dentro do local do evento, o material reciclável coletado no festival é compactado em uma prensa, estocado e retirado do Parque de Exposições a fim de ser comercializado junto à indústria. Toda a renda obtida com a venda desses resíduos vai para a cooperativa.Inclusão socialNa edição do Festival de Verão de 2012, a Cooperbrava conseguiu arrecadar cerca de 10,6 toneladas de material reciclável, número 30% maior do que o recolhido em 2011. Foram triadas 4 toneladas de alumínio, 3,5 toneladas de plástico filme (do tipo PEBD), 1,6 toneladas de plástico (do tipo PET) e 1,5 toneladas de papelão. “Nossa meta agora é aumentar em 20% essa quantidade de resíduos coletados”, projeta Moisés.

equipe.jpg
Moisés Leão Gil (de camisa preta) coordena a equipe de cooperados no Festival de Verão: mão na massa em meio à festa
Foto: Clara Corrêa/Redação EcoD

A cooperativa foi fundada em Salvador, em 2003, por pessoas que não conseguiram espaço no mercado de trabalho e encontraram na coleta de materiais recicláveis, no antigo lixão de Canabrava, uma forma de sustento. A Cooperbrava participa do Festival de Verão desde 2008, de forma ininterrupta. Os trabalhadores passam por capacitações periódicas no Centro de Estudos Socioambientais Pangea.

Nos quatro dias de Festival de Verão a Cooperbrava vai disponibilizar 60 agentes para o trabalho à noite e 10 durante o dia. De acordo com o assessor técnico da cooperativa, a entidade trouxe dez cooperados a mais do que em 2012, o que alimenta a expectativa de aumentar a quantidade de material reciclado. Segundo Moisés, em períodos de festivais e carnaval, cada trabalhador consegue obter uma renda mensal de R$ 750,00 a R$ 800,00 na instituição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: